Francis Hime: “Viva o povo brasileiro”!


Em novembro de 2003 lançamos o filme “Tempo de Resistência”, no auditório do sistema COC de Ensino, em Ribeirão Preto.

O documentário nasceu de um árduo trabalho por parte das pessoas nele envolvidas e eu atuei como produtor na película, magistralmente dirigida pelo cineasta André Ristum.

Para a trilha musical falei com o mestre Chico Buarque, que ao conhecer o conteúdo de nosso projeto, de imediato autorizou que qualquer música de sua autoria fosse utilizada na película, sem nenhum custo.

Entre as músicas escolhidas por André para o filme, ele decidiu que a canção “Vai passar”, de autoria de Chico e do mestre Francis Hime se encaixaria com perfeição no documentário e a própria equipe de Chico Buarque nos forneceu o contato de Francis.

Através de email falei com ele, expondo o tema de nosso trabalho, discorrendo sobre a importância que ele teria para contar a História da luta contra a ditadura militar no Basil.

Dois dias depois recebemos a resposta do compositor, que autorizou a utilização de sua composição, sem que nada tivéssemos que pagar por isso. Elogiou nosso projeto e encerrou sua mensagem com a frase: “Viva o povo brasileiro”!

Meses após Francis Hime veio a Ribeirão Preto para fazer um show no Teatro Municipal e eu consegui a informação de que por volta das 15 horas ele estaria no local para passar o som do piano. De imediato me dirigi ao teatro e esperei um pequeno intervalo em seu trabalho para me apresentar e mais uma vez agradecer pela liberação da música.

Aproveitei também para lhe entregar um DVD do “Tempo de Resistência” e ele agradeceu, dizendo de sua satisfação em ter colaborado com o filme.

Despedi-me daquele brilhante músico e compositor que sempre admirei, portador de uma humildade que não esconde sua grandeza, qualidades essas embaladas pelos seus lindos acordes.


103 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo